24 janeiro 2010

Imperfeito

Visto você vindo
Fico fácil fervente
Tendo tido tudo tinindo
Corro contra corrente

Sonso som só
Fosse feito fosso
Que come quase quanto quer
Da dádiva do desconhecido
Ao ar árido agora abismado

Ontem outros olhos
Que controlavam quatro cantos
Hoje habitat hostil
Entregues entre escolhas
Donde da dúvida de despistar
Só sei saborear

0 co-mentários:

Blogged.com