10 maio 2011

Óbvio

Você parece tão óbvio
Corre trilhas, pisa em falso
Coleciona favores
Destrói espectativas

Você parece tão óbvio
Quando repete as mesmas palavras
Se entrega às mesmas pessoas
Procura uma saida

Você é obvio
Obviamente aquilo que eu procurava
Uma falta de clichê aqui dentro
Uma porta, que eu não quero atravessar

Você parece tão óbvio
Que chega a me dar calafrios
Você na verdade não é óbvio
Obviamente, o óbvio não me interessaria
Eu digo isso porque eu não consigo aceitar
Que estou completamente apaixonada pelo óbvio
Ou seja, você.

05 maio 2011

Quem saberá?


Estou traindo você, confesso
Era pra ficar bem no esquecimento, mas eu não esqueço
Não foi bem traição, entendo
Foi desligamento, temporário, imaginário, alento

Estou traindo você, queria que fosse mentira
Não entendo essa vontade de me manter fiel
Fiel a uma falsa conduta, filha da puta
Me colocando sempre na minha mira, que nunca atira

Estou traindo você, talvez ligue
Mas eu queria que soubesse
Não que isso vá acontecer
Mas nem por isso deixo de querer

Blogged.com