15 julho 2008

Benedito




Maldito

Sóbrio erudito

Que me faz interdito

Calado e contradito

Desdito

...Bendito



De tanto intercalar

Deu calo de escalar

Agora eu que dito

Edito

E não acredito

No que foi dito

07 julho 2008

Palavra Chave: Capital


Uns compram livro
Livros compridos tão pouco lidos
Outros são mais radicais
Radicais livres comprimidos querendo ser engolidos
Os dois engordam uma ideologia
Os dos livros e os livres

Sentados sem ato
Cem atados
Um vai ao lado
O outro alado

E tem a peça branca que vem com traje fino
Olhos aos pés da letra
Na balada do assaz sino
É a vez das pretas!

Uma via sem volta
A outra nem queria olhar, mas sabia
Que lá no fundo, dos fundos
Fosse o que fosse
Fossa o que fossa
Era tudo vendado
Era tudo vendido

01 julho 2008

Longe de ser ex-perto



Foto: Martin Kenny



Se não fosse o doce, seria a foice e o coice

Se não tivesse a palavra seria só a lavra, ou ah lá, foi-se

Controverso àquele que é contra o verso

Tento de tanto falar inverso, universo, converso

Contanto que não seja tanto, tanto faz

No entanto, não pode pouco, porque não satisfaz

Contudo, tudo que nada pareça deve perecer

Sortudo é quem acrescenta sem estar a crescer

Blogged.com