15 fevereiro 2012

Sommelier

Com sede, consente
Concede e sente
Um contato
Contente
E o tinto ele consome
E some
Busca uma soma
Que tome, que lhe tenha
(E não se atenha)
Contenha... um tema
E que tema!
Que erros cometa
Que seja
Mais que um cometa
Que fique, indique
Que dê uma dica
Que abdique do dique
Que solte as amarras

Essa busca..
E esse busca também
Só que não sabe bem
Se é a falta do tinto ou se de alguém
Sobra o tinto
Dele se pode provar

02 fevereiro 2012

"Age Homem"

E é quando a alma acalma,
Quando você retorna pra si
Enxerga tudo diferente
Novamente

Sente um pouco de frio
Um vazio, mas um vazio muito querido
Um vazio que te faz recordar
Desapegar

Era outro destino que você via
Era outra semente que seria plantada
E agora é só você, afinal
Nada mal

Pouco tempo atrás seria lamento
Seria dor, sem argumento
Agora tudo é possível
Audível

Seus ouvidos estão voltados para dentro
Sua energia, força, recarregadas
Foi preciso viver a tempestade
Agora, saudade

Saudade sem dor
Apenas talvez, vaidade
Se sentir pela metade
Metade que não se tem mais

Blogged.com