30 junho 2011

Inimigo

Você estragou a coisa mais bonita que tinha dentro de mim
E eu não te dei porque achava que poderia cuidar
Eu te dei porque achava que ficaria melhor em você
Você veste essa roupa, você veste essa levesa
Apesar de pesada, apesar dos pesares
Isso não serve em mim
Não mais

Era pra ser um sonho
Um sonho sonhado por dois
Era pra ser um jogo
Jogado aos pardais
Faz agora todo sentido
Que já não é mais sentido
Nem por mim, nem por você
Talvez por quem não devia
E entender só trás mais vazio
Nem dor, nem amor

Agora sei que espectativa existia
Era você, meu espectador
Esperava seu plano dar errado
Só porque o estrago lhe era mais certo

Você é melhor assim
De lado
Afim
Calado
Atrás...de mim

29 junho 2011

Invertido

Se era um tombo ou vaidade
Se tinha um pingo de realidade
Se fazia só por maldade
Eu não queria saber

Se vinha de fora ou de dentro
Se a intenção era só alento
Se a verdade tinha cabimento
Eu não queria esconder

Eu não queria uma explicação
Eu não queria a razão
Eu não queria ser mais um pião
Se desse pra escolher

Blogged.com