15 maio 2008

Dois amantes



Ele via a vida turva
Ela via uma curva
Ele tinha uma conta pra pagar
Ela tinha uma onda pra pegar
Ele mandava cartas pelo correio
Ela mudava as cordas do arreio
Ele compra flores
Ela nunca as teve
Ele tem dores
Ela tem amores
Ele achava ela linda
Ela achava ele lindo
Ele ouvia um CD
Ela o via ceder
Ele sobrava na festa
Ela soprava na testa
Ele sabia sumir
Ela sabia aparecer
Ele doava um pouco de si
Ela voava com um pouco dele
Ele queria ver a cidade
Ela queria uma saída
Ele esquecera como antes fora
Ela fora como a sua mente ira
Ele era vaidade
Ela sua vida
Ele era a verdade
Ela era a mentira.

5 co-mentários:

Leo disse...

comentário pra estrear! =D
ficou perfeito!
ainda mais com a união da foto...
ótimo!
lindo!

***Punk Girl*** disse...

*Prefiro não comentar...porque aho que não vai dar o espaço mesmo....coisas como essas mudam a vida das pessoas....
Postagens como está nos fazem pensar....e eu aodeio pensar...hauhau*


Aguardo as proximas postagens....bjus Murilo....Muso hahaha

« grands ¥eux disse...

se cair em prosa, fic igual o meu.

=]
beijo

« grands ¥eux disse...

*e eu não me deixo biografar*

Adriana Gazzo disse...

Achei que tinha achado!

Blogged.com