24 novembro 2007

Sem fuso, confuso



Minto se digo que não te amo
Digo se finjo pra não te machucar
Finjo que não me importo
E me importo pro seu mundo de açúcar

Estupidez querer ser o mais forte
Quando você me ganha com um beijo
Insensatez de buscar um norte
Quando é de medo que eu me queixo

Era uma vez no dia
Era tudo que eu queria
Era a minha cura
Fruta madura
Fruta mordida

1 co-mentários:

Pensamentos Soltos disse...

De confusão, eu acho que entendo (ou não).
E a frase que eu sempre odeio ouvir, mas que (tenho que admitir) é verdade: o tempo dá jeito em tudo!


Que você tenha uma boa semana.

Blogged.com