29 setembro 2008

Vice-verso



Já me doei de peito aberto
Me doeu por completo
Já fui direto no caminho certo
Pra ver de perto meu deserto

Já me fiz de inconsciente
Na frente de muita gente
Inventei um monte de lente
Que sente de forma diferente
Mas que ainda me deixa carente

Faltei com atenção
Fiz como a tradição
Mofei na estação
E não vi a exceção

Cobri o feio com bonito
Calei a voz com um grito
E me tornei no havia escrito

3 co-mentários:

Pensamentos Soltos disse...

Posso ficar semanas sem aparecer por aqui... mas quando volto é sempre a mesma sensação.
Continue assim.

**Punk Girl** disse...

Só uma pergunta, de que livro vc copia essas coisas. Pois se eu copio de vc, vc deve copiar de alguem...RÁ.
Bjus Mu....

Gabriel Araujo disse...

gostei dos textos
encontrei no blog do TM...
e comento porque também jah
Cobri o feio com o bonito
Calei a voz com o grito

abç

Blogged.com