12 junho 2008

Criador

Assim eu te inventei
Era usado, sem passado....
Coube a mim caçar uma glória
Coube em mim ao calçar sua história

Sabia o que não queria
Não queria o que sabia
Experiência, essência... um preço
Cria dor, medo e um berço
Que não tive sequer um terço

Depois sem nada
debaixo da arcada
Eu prego de aliado
Com seu credo martelado
E me vejo sem avós
Só o som da sua voz
Que ora a frase, orador
Hora é a cria hora criador

2 co-mentários:

Pensamentos Soltos disse...

No meu particular, acho que sou mais cria que criador. Acho.
Mas é uma discussão (?) que não vale a pena no momento.


Eu demoro, mas continuo lendo aqui.

« grands ¥eux disse...

fale comigo.
modelo clássico: offline.

Blogged.com