05 abril 2008

Meio dobrado entre nós



Queria escrever um bocado
escrevi dobrado
dobrado num quarto
metade de um meio
meio sem nada
meio que num é quarto

Mas cá entre nós
cai entre nós
quando troco as palavras
e o troco do sentido
é sentido que mente
e a mente prega peça
mesmo que eu não peça.

4 co-mentários:

Leo disse...

definitivamente um dos melhores
toca aqui! high five!

Sue Ellen disse...

Olá, Murilo!
Obrigada pela visita no blog..
gostei muito do seu! Adoro poesia..principalmente poesia que brinca com as palavras.. adorei! vou relacioná-lo, ok?
bjos!

« grands ¥eux disse...

escrevendo um pouquinho, do tipo, pegando um pedacinhu e começando a desenrolar... no final dá um tantão que é tão grande que não cabe na palma da mão que a gnt teima a encostar.
palma com palma
mão com mão

mas vc tá aí dobrado, pensando que prega peça em alguém quando eu sei - porque é que é o que é que é - tudo o que eu já falei e você, logrado, fingindo que, malogrado, conhece mais do que eu mesma sei.

Pensamentos Soltos disse...

É quase um trava língua isso aqui.
=)

Saudades das conversas aprofundadas em nada.

Blogged.com