04 dezembro 2010

Deixe Star

Venda-me os olhos
Veda minha vida
Vide à sua volta
Vira e mexe, se solta
Venda a sua vez
Ceda, a sua voz
Inverta os papéis
Invista na minha vontade
Vista uma seda
Apaga minha sede
Revele a morte velada
Descubra o véu de veludo
Nestes tempos vindouros
A viúva não é só quem ficou
Mas aquela que se nutre
Tal qual um abutre
Da dor da saudade

2 co-mentários:

melissa disse...

Oie amei seu blog mto bom mesmo estou seguindo *-*
Segue meu blog tbm http://mylostworldjm.blogspot.com/
escrevo textos, poesias, frases, etc
Acredito q goste de ler e se interesse *-*

Daniel A. Fagundes disse...

Bravo!!!! =)

Blogged.com