15 abril 2010

Dez motivações

Você olha, dá um sorriso.
Ela olha, levanta a sobrancelha e sorri também.
É um sinal, você não pode negar.
Se pergunta se o sorriso é pra você ou se é pra ela mesma.
Ela tem tempo.
Você vai arriscar, vai até ela..., Não! Espera! Ela tá olhando pra outro...
Poxa, pior que não, é pra você mesmo. Você não tem mais tempo, precisa ir falar com ela.
Você vai.
Puxa conversa, ela sorri novamente, te abraça.
A... nestesia. Oi? Volta rapaz! Fale com ela!! Fale com ela!!
Ufa, será que ela percebeu que eu não tava aqui? Acho que não.
Você olha nos olhos. Ah que olhos!!
Hey, acorda! Ela tá olhando ow!
Vocês trocam algumas frases, pupilas se dilatam.
Ela volta para onde estava, estava ocupada trabalhando. Você usa seu tempo que não tem para olhar pra ela agora de longe.
Droga, lá vem as espectativas e você já está decepcionado.
"Hey, não desista!"
Quem disse que você desistiu?

2 co-mentários:

Camila disse...

hahahaha
Vi a cena todinha!
Gostei da forma como vc projeta a vida cotidiana da maioria de nós em palavras de forma tão melódica.
Admito que quanto mais leio, mais gosto disso aqui.

Camila disse...

hahahaha
Vi a cena todinha!
Gostei da forma como vc projeta a vida cotidiana da maioria de nós em palavras de forma tão melódica.
Admito que quanto mais leio, mais gosto disso aqui.

Blogged.com