12 março 2010

Dissidente

Disse do som dissonante
Da moça errante
Do dom destoante
Do tom distante
Do ponto de partida
Da cara fechada
Do amor à vida
A troco de nada

Ouvi que foi por pouco
Que faltava vontade
Que parecia um louco
Que dava saudade

Então que se fale menos
Que não durma lá em casa
Que vá para Vênus
Só com uma asa

Tenso, denso, penso
Troca, draga, praga
Tricô, droga, prego

0 co-mentários:

Blogged.com