13 dezembro 2009

Aquilo que não é

Não sinto falta
Não sinto calma
A palma
Alma

Não te amo mais
Não tenho fome
O homem
Capaz

Dividido nada
Vivido tudo
Uma fada
Casulo

De fora pra dentro
Sabido, lamento
Um Sonido
Silêncio

Quanto menos pôr
Mais longe
Um amor
Elefante

Forte o bastate
Pobre falante
Um achado
Passado

1 co-mentários:

Thaís Vidal disse...

O desconexo possui linhas imaginárias...as mesmas linhas que ligam pessoas que não se conhecem e que pensam a mesma coisa as 16:00...e que ficam meia hora acordadas antes de dormir...pensando...os livros que não vê a hora de ler do lado, mas o sono sempre chega na hora errada...

Blogged.com