23 janeiro 2009

O Espelho de Narcizo


Quero deixar claro o bem que me faz
E assim fazendo, te faço mais
Roubando pra mim o que cada pedaço trás
O máximo que sou capaz

Pra mim você é assim, séria e sincera
Apaga um pouco do que ninguém afaga
Compra caro sem ter o faro
Pule o que eu engoli

Seja abstrato ou um trato
não me corrói nem dói
Se eu a quisesse pegar
às minhas mãos ia faltar
E não é por medo que eu a preservo
é pelo seu poder que eu me enxergo

2 co-mentários:

« grands ¥eux disse...

"e assim te fazendo, te faço mais!"

:}


eu não entendi seu comentário. o filme eu vi, mas não tive parceiros na escrita. não que eu saiba.

murilo disse...

"e assim fazendo, te faço mais"
não tem o "te fazendo" rs.

Blogged.com