26 agosto 2007

Escondi doce, Mente!



Agora pó, devagar
E vai com, tente
Eu mais que co-mente
Você menos, prezaria
É raro formato, não quero
Ah, o que lê não é sonso
É pra já, mais outra vez

1 co-mentários:

Lia disse...

Nossa... adorei seus poemas Murilin!
Não escrevo vom palavras, procuro geralmente escrever com cores, temos um trato! um desenho por um poema hein!
Bjins!!!
Saudade!!!
^.^

Blogged.com